Forma Musical Binária e Ternária

Usamos a palavra forma para referir a maneira como os compositores arranjam suas ideias musicais. Existem dois elementos básicos para isso são eles: a repetição e o contraste. Uma certa repetição de ideias e necessária para dar mais unidade a composição. Quanto aos contrastes, são feitas de várias formas e criados para que as ideias ganhem interesse e se mostrem diversificadas.

Forma binária

A peça de forma binária, é construída com duas sessões de igual o peso que são designados pelas letras A e B, sendo a segunda uma réplica da primeira. Todas as duas sessões tem geralmente uma repetição do trecho. Em quase todas as peças binários, quase chegando no fim da sessão de A, há uma modulação tonal na música dando passagem para a parte B. A medida que B vai sendo executado, ao mesmo tempo vai se encaminhando para a tônica.

Ouça o exemplo:

Forma ternária

Na forma musical ternária, nós temos uma estrutura parecida a binária (A e B), entretanto, nós iremos acrescentar no final mais uma seção A ao final, então ira ficar A, B e A.

Assista ao video de exemplo:

Melhor ainda seria um professor explicando todo o conteúdo? Você pensou nisso? e tem mais matéria?

Tem mais sim…

Eu tenho uma aula gravada em vídeo explicando tim tim por tim, rss.. bem explicado mesmo todo este conteúdo. Se tiver

Interessado você poderá acessá-la na sala de aula da Escola Brasileira de Arte. Essa aula é de qualidade feita com muito carinho pra você.

Assista ao vídeo para dar continuidade a essa aula.

Boa aula e grande abraço do teacher 🙂 prof Carlos Neves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *